Nós que trabalhamos com a venda de serviços turísticos, a cada dia que passa, vemos mais e mais pessoas questionando a importância de um agente de viagem no planejamento da tão esperada viagem de férias, ou da viagem a trabalho onde nada pode dar errado, ou mesmo em qualquer tipo de deslocamento da sua casa, o que para muitas pessoas é todo um processo delicado a ser organizado.

Temos que, muitas vezes, reforçar os vários pontos que agregam valor aos nossos serviços e o quão importante ele é numa viagem. Não digo somente quanto ao preço, pois preço é o que não nos falta com tantos acordos comerciais que temos. Mas digo pelo trabalho minucioso que um agente de viagem que se preze faz: ele estuda geografia, economia e psicologia ao mesmo tempo; ele planeja; vê o que fará a diferença, e o que não, naquela determinada viagem, ele confere; ele confere novamente; ele pesquisa o melhor fornecedor; o melhor preço; a melhor condição; monta todo um verdadeiro projeto para aqueles dias fora de casa; depois confere novamente; faz todo o processo; solicita cortesias; confere novamente; espera o cliente voltar e liga para ver se foi tudo bem, se nada na viagem deixou a desejar (até porque, provavelmente terá mais clientes querendo ir para o mesmo lugar, e precisa de dicas para repassar); vê o perfil do viajante e sempre que tiver alguma oportunidade que se encaixe entrará em contato; agrega várias experiências de viagem e de pessoas sem sair do seu humilde escritório e por ai vai…

A Internet esta aí: a disposição para não precisar sair de casa e comprar a viagem dos sonhos. Mas muitas vezes esse sonho pode virar um pesadelo, visto que a Internet não tem telefone, a Internet não têm preocupação com você, você simplesmente comprou e ninguém conferiu seus serviços umas 10 vezes antes do tão esperado embarque, é o que você comprou e pronto, sem mais. Nós agentes de viagem trabalhamos com essas diferenças, essa prestação de serviço, esse cuidado para que a viagem saia mil vezes melhor que o previsto, o imaginável. E por incrível que pareça: na maioria das vezes não cobramos nada a mais por isso.

Abaixo uma lista dos principais pontos a serem analisados quando o assunto é: comprar ou não comprar numa agência de viagens?! Espero que gostem

  • Por quê comprar na agência de viagens?

Muitos consumidores brasileiros aprenderam a comprar diversos produtos e serviços na internet, no horário e no
site que consideram conveniente. Então, o que responder ao viajante que pergunta: “por que comprar na agência de viagens?”

1- Esperto é quem compra com experto!

Parece que existe no imaginário desses turistas a ideia de que comprando direto nos sites, seja das companhias aéreas, hotéis ou mesmo agências online, você é mais esperto. Ou seja, só precisa de ajuda ou quem é muito rico e não tem tempo, ou quem não tem competência para fazer tudo sozinho. Totalmente errado!

2- É mais barato e dá para parcelar

Também existe a ideia de que comprando com um profissional vai ficar mais caro, porque tem um intermediário. Muita gente acha não sabe que comprando na agência consegue preços bem competitivos e ainda é possível parcelar. Sabemos também que os sites nem sempre têm os melhores preços. Sabemos das pegadinhas, da longa espera nas conexões, da localização péssima do hotel, etc. Sabemos também que o bom profissional consegue preços BEM competitivos. Eu sei disso, mas o cliente não sabe e acha que fica mais caro. É puro “achismo” e falta de conhecimento.

3- É confortável e seguro

Noto que os viajantes não enxergam o que o bom profissional pode fazer por eles, tanto em termos de economia (de tempo e de recurso), como em conforto e segurança. Hora de mudar essa imagem!

4- Não se gasta tempo navegando em milhares de sites

Ninguém calcula o tempo que se perde navegando em centenas de sites para planejar e comprar uma viagem completa. É muito bom receber todos os vouchers no seu e-mail e cuidar apenas das malas…. Mas o seu passageiro sabe disso?

E aí? Vamos programar sua próxima viagem juntos?

M. G. R.
Agente de Viagem desde 2007.